CADEIRA 26

ACADÊMICOSQUADRO ACADÊMICO

João Borges Fortes

João Borges Fortes nasceu em São Gabriel, Rio Grande do Sul, em 02 de maio de 1872, filho de João Pereira da Silva Borges Fortes e Francisca de Paula Borges Fortes. Cursou o ensino primário em Encruzilhada, em sua cidade natal e no Colégio Nossa Senhora da Conceição de São Leopoldo. Em 1890, formou-se bacharel em Ciências Físicas e Matemáticas pela Escola Militar de Porto Alegre e, em 1899, Engenheiro militar pela Escola Militar do Rio de Janeiro.

Foi Oficial do Exército, recebendo os galões de alferes-aluno emj 1892. Serviu no Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, no Arsenal de Guerra e no Estado Maior do Exército. Em 1924 foi reformado no posto de general.

Historiador, genealogista e sociólogo, João Borges Fortes pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRS), ao Instituto Genealógico Rio-Grandense, ao Instituto Ge-nealógico Brasileiro e ao Instituto de Geografia e História Militar. Faleceu em 13 de setembro de 1942, no Rio de Janeiro.

Dados pesquisados em:
MARTINS, Ari. Dicionário Escritores do Rio Grande do Sul. orto Alegre: UFRGS, 1978.

continue lendoVOLTARcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

PATRONOS

CADEIRA 32

Pedro Velho

Pedro de Castro Velho nasceu em Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, em 29 de junho de 1879, sendo filho de Francisco Velho e Dulce de Castro Velho. Poeta boêmio nunca teve ocupação certa. Foi um dos mais populares da geração literária de seu tempo em Porto Alegre. Faleceu em Porto Alegre, capital gaúcha, no dia 06 de setembro de 1919.

Bibliografia: Ocasos, versos, Porto Alegre, Livraria Americana, 1906. 2a. Edição com acréscimos, póstuma, Porto Alegre, Globo, 1920. Inéditos e esparsos de Pedro Velho publicados por Walter Spalding...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo