CADEIRA 17

ACADÊMICOSQUADRO ACADÊMICO

Timóteo Faria Corrêa

Timóteo de Faria Corrêa Filho nasceu em São Gabriel, região da campanha rio-grandense, em 08 de novembro de 1861, filho de Timóteo de Faria Corrêa e Cândida Martins de Faria Corrêa. Estudou na Escola de Guerra de Porto Alegre. Sentou praça em 1876 e saiu alferes-aluno em 1884. Foi Oficial do Exército, chegando ao posto de Capitão da Arma e Artilharia em 1890. Poeta, Timóteo Faria Corrêa assinava às vezes Timóteo Filho.

Publicou versos esparsos em revistas e jornais de seu tempo. Vale destacar seu discurso na 11"Sessão Aniversária do Partenon Literário, era nome da Sociedade Literária Gabrielense, em 1879. Faleceu em Florianópolis, Santa Catarina, em 05 de abril de 1899.

Dados pesquisados em:
MARTINS, Ari. Dicionário Escritores do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1978.

continue lendoVOLTARcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

PATRONOS

CADEIRA 27

Aníbal Teófilo

Aníbal Teófilo da Silva nasceu em Humaitá, no Paraguai, em 21 de julho de 1873. Seu pai, um oficial gaúcho do Exército Brasileiro servia no Paraguai e ali residia com a esposa quando o bebê Aníbal nasceu.

Jornalista e boêmio era conhecido por seu temperamento versátil. Residiu em diversos estados do Brasil e em Portugal. Foi redator da Careta a partir de 1908 no Rio de Janeiro. Poeta de Rimas, livro de poesias publicado em 1911, Aníbal Teófilo foi assassinado por Gilberto Amado em 19 de junho de 1915.

Gilberto Amado era membro da...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo