NOTÍCIAS

Conhecidos os vencedores do Desafio Literário 2019

14 de novembro de 2019

Em sarau no Auditório do Margs, o Instituto Estadual do Livro (IEL) divulgou na tarde de ontem (13 de novembro) os vencedores do Desafio Literário, que na edição 2019 destacou temas relativos ao meio ambiente. São eles: Vanessa Conz (1º lugar), Gabriel da Fonseca Mayer (2º lugar) e Vitor José da Silva Classmann (3º lugar). Participaram da cerimônia: a diretora de Artes e Economia Criativa da Secretaria da Cultura do RS, Ana Fagundes; a Patrona da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre, Marô Barbieri; a diretora do IEL, Patrícia Langlois; a diretora da Brascril, Bárbara Lopes; o jurado Rafael Jacobsen, pela Academia Rio-Grandense de Letras (ARL); a jurada Jacira Fagundes, pela Associação Gaúcha de Escritores (AGES); e a jurada Ariane Severo, pela Associação Lígia Averbuck.

Emocionada, Vanessa Conz, que está grávida de Caio, agradeceu primeiramente a filha, Cecília, que a acompanhava: “toda a minha inspiração veio deles e da minha família”, disse. Mesmo o tema sendo a ecologia, ela se voltou à infância em seus trabalhos, porque, em sua opinião, as crianças hoje já nascem com consciência ambiental. Dos 23 participantes do concurso, onze leram seus textos, considerados com um certo estilo próprio, em sua totalidade, por Marô Barbieri. “O que eu posso desejar é que vocês tenham um caminho muito bonito”, pontuou a escritora. Ao longo de cinco dias, os candidatos produziram textos literários nas categorias Miniconto, Poetrix, Poema Livre, Crônica e Conto. A atividade, que visa dar oportunidade a novos talentos na área literária, teve início na última sexta-feira, no Museu da Comunicação Hipólito José da Costa.

Para Patrícia Langlois, uma das missões do IEL é incentivar novos talentos, para que seus textos cheguem ao público. “A gente quer que cada vez mais o gaúcho escreva com qualidade”, afirmou. A ilustradora falou do conceito da atividade, uma espécie de 'Masterchef' literário, em que as palavras servem como ingredientes. Os vencedores receberam troféus, confeccionados pela empresa Brascril, certificados emitidos pelo IEL e terão seus textos publicados nos canais oficiais do IEL, na internet (blog e Facebook). A iniciativa está a cargo da Secretaria de Estado da Cultura do RS (Sedac), através do Instituto Estadual do Livro (IEL) e da Associação Lígia Averbuck, com apoio da Associação Gaúcha de Escritores (AGES), Academia Rio-Grandense de Letras (ARL) e Brascril.

Texto: Vera Pinto
Fotos: Solange Brum

arlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarl

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 24

Zeferino Brasil

Antônio de Souza Zeferino Brasil nasceu em Porto Grande, município de Taquari, Rio Grande do Sul, em 24 de abril de 1870, sendo filho de João Antônio de Sousa e Tausta Carolina de Sousa. Estudou no Colégio Rio-Grandense em Porto Alegre no ano de 1883 e cursou a Escola Normal de Porto Alegre pela qual se diplomou professor em 1889.

Funcionário público estadual desde 1889, tendo servido na Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sal até aposentar-se. Foi ainda professor de Retórica e Poética. Jornalista, pertenceu à redação do Jornal...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo