NOTÍCIAS

Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2018 - Regulamento

08 de setembro de 2018

PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS

2018

 

REGULAMENTO

A ARL, fundada em 1901, por ter como objetivo principal o culto às letras e o estímulo à cultura do Rio Grande do Sul, institui o PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS.

 

I – DAS FINALIDADES E DO ALCANCE

O PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS tem como objetivo destacar autores sul-rio-grandenses, ainda em produção, que tenham obra consistente e de qualidade no cenário nacional, assim como promover a crítica literária sobre literatura sul-rio-grandense e a promoção de livros de determinados gêneros e de seus respectivos autores.

 

II – DA PERIODICIDADE, DOS HABILITADOS A CONCORRER E DAS CATEGORIAS.

1. O prêmio será conferido anualmente.

2. O prêmio terá três categorias. A saber:

2.1. Melhor livro de poesia: será concedido o Troféu Alceu Wamosy ao melhor livro de poesia de autor sul-rio-grandense publicado no ano de 2017, em primeira edição.

2.2. Melhor tese ou dissertação sobre literatura sul-rio-grandense: será concedido o Troféu Dyonélio Machado à melhor tese ou dissertação, em nível de mestrado ou de doutorado, que tenha como tema a obra de um autor sul-rio-grandense ou um texto literário escrito por autor sul-rio-grandense e que tenha sido defendida nos anos de 2016 e 2017 em qualquer instituição de ensino superior do país.

2.3. Melhor livro de literatura infantil: será concedido o Troféu Carlos Urbim ao melhor livro de literatura para a infância, independente de gênero, de autor sul-rio-grandense publicado nos anos de 2016 e 2017, em primeira edição.
 

III – DO SISTEMA DE INDICAÇÃO DOS FINALISTAS E DOS VENCEDORES

1. A fim de conceder os troféus Alceu Wamosy, Dyonélio Machado e Carlos Urbim, será composto, por indicação da Diretoria da ARL, um júri técnico, composto por, no mínimo, três pessoas de notável conhecimento técnico-literário, que terá a responsabilidade de indicar três finalistas para cada um dos prêmios, entre os livros, dissertações e teses inscritas, bem como proclamar o melhor livro de poesia, a melhor dissertação ou tese e o melhor livro infantil.
 

IV – DA PREMIAÇÃO

1. Aos vencedores em cada uma das categorias será concedido troféu confeccionado pelo artista Lucas Strey em cerimônia a ser realizada para este fim, em dezembro de 2018.

2. Na ocasião, a ARL concederá o troféu Academia Rio-Grandense de Letras - Escritor do Ano a um escritor ou escritora cuja obra seja reconhecida pela qualidade e amplitude no(s) gênero(s) literário(s) a que se dedique.

A escolha do homenageado será da competência única e exclusiva da ARL, por meio de indicações e de votação realizada em reunião ordinária.
 

V – DAS INSCRIÇÕES

1. O ato da inscrição aos troféus Alceu Wamosy, Dyonélio Machado e Carlos Urbim deve ser realizado pelo autor ou por alguém que o represente. Para tal, deverão ser enviados:

1.2. a) Troféus Alceu Wamosy e Carlos Urbim, quatro exemplares da obra inscrita;

      b) Troféu Dyonélio Machado, um exemplar impresso da tese ou dissertação, no qual deverá constar endereço virtual para o acesso à tese ou dissertação.

1.3. Manifestação por escrito do desejo do autor na inscrição de seu livro ou dissertação/tese, por meio de ficha-padrão, em que deverá constar:

1.3.1. Prêmio Alceu Wamosy e Prêmio Carlos Urbim: nome do autor, título do livro, editora, ano de publicação e categoria de inscrição (Ver modelo anexo 1)

1.3.2. Prêmio Dyonélio Machado: nome do autor, nome do orientador, instituição em que foi defendida, ano da defesa, endereço virtual para acesso à tese ou à dissertação inscrita. Deverá também ser anexada a ata que comprove a data da defesa. (Ver modelo anexo 2)

2. As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pelo Correio, devendo material de inscrição ser enviado para a sede do ARL: Academia Rio-Grandense de Letras, Rua dos Andradas, 1234, conj. 1002 - CEP 90020-008 - Porto Alegre RS, mediante entrega de:

a) exemplares da obra inscrita, conforme consta no artigo V, 1.2;

b) carta de inscrição por título inscrito.

2.1. Caso haja descumprimento do que consta no item 1 ou no item 2, parte V, a inscrição não será validada.

2.2. As inscrições deverão ser realizadas no período de 20 de agosto de 2018 a 24 de setembro de 2018.

 

VI – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

1. Os casos omissos deste regulamento serão decididos, de forma administrativa, soberana e irrecorrível, pelo Coordenador do Prêmio e pela Diretoria da ARL.

2. Outros esclarecimentos por meio dos e-mails: contato@arl.org.br ou caioriter@uol.com.br.

 

Porto Alegre, 16 de agosto de 2018.

ARL – Academia Rio-Grandense de Letras


 

ANEXO 1

LOCAL E DATA

Prezado coordenador do PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS,

Venho por meio desta inscrever o livro ______________________, de autoria de____________________________, editado por ____________________, no PRÉMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS, TROFÉU ___________________________, declarando que estou ciente do que rege o regulamento do referido prêmio.

Contatos com autor:

E-mail:

Fone:  ( )

Sem mais para o momento,

 

__________________________

             Assinatura

(Nome de quem realizou a inscrição)


 

ANEXO 2

LOCAL E DATA

Prezado coordenador do PRÊMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS,

Venho por meio desta inscrever o dissertação/tese ______________________, de autoria de____________________________, orientada por ____________________ e defendida, no mês de ____________ de  20_____, na________________________________________, no PRÉMIO ACADEMIA RIO-GRANDENSE DE LETRAS, TROFÉU DYONÉLIO MACHADO, declarando que estou ciente do que rege o regulamento do referido prêmio. (Anexar ata que comprove a defesa)

Endereço virtual para acesso à tese ou dissertação:

Contatos com autor:

E-mail:

Fone:  ( )

Sem mais para o momento,

 

__________________________

                 Assinatura

(Nome de quem realizou a inscrição)

 

 

anteriorANTERIORanteriorpróximaPRÓXIMApróxima todasTODAStodas

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

PATRONOS

CADEIRA 5

Bernardo Taveira Júnior

(por Amir Feijó Pereira)

Bernardo Taveira Júnior nasceu em Rio Grande a 5 de julho de 1836 e faleceu na cidade de Pelotas aos 19 de setembro de 1892. Completou os preparatórios em São Paulo para onde se transferiu com o objetivo de ingressar na Faculdade de Direito; faltando-lhe recursos, voltou para a província. Durante toda sua vida exerceu o magistério, chegando a fundar uma escola em São Gabriel, onde viveu por quatro anos. Após, regressou a Pelotas para continuar exercendo a mesma profissão até seus últimos dias.

Em Pelotas exerceu o magistério...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo