NOTÍCIAS

Presidente da ARL dá posse à nova diretoria da ALIVAT

09 de março de 2019

O presidente da Academia Rio-Grandense de Letras (ARL) Rafael Bán Jacobsen prestigiou a solenidade de posse da nova diretoria da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat) realizada quinta-feira (07/03/19) no Espaço Cultural da Clínica Dr. Wilson Dewes, em Lajeado. O jornalista e escritor Deolí Gräff assumiu o cargo de presidente pela terceira vez. “Asseguro que vou fazer o melhor em favor da nossa Academia. Tenho comigo, ao meu lado, uma equipe e vamos trabalhar juntos. Todas as conquistas e realizações serão méritos do grupo”, afirmou Gräff. Ele fez um chamamento a todos os escritores Acadêmicos para fazerem o melhor pela Academia. Porque tudo o que fizermos para a Alivat refletirá na melhoria da qualidade cultural e literária de todas as pessoas deste nosso pujante Vale do Taquari”. 
Coube ao presidente da ARL Rafael Jacobsen dar a posse à nova diretoria. Em seu discurso, enalteceu a atuação da Alivat. “A Academia do Vale do Taquari serve de referência para as outras entidades congêneres do Estado. Em muitas oportunidades ela é citada como exemplo de organização e atuação”, afirmou.
O ato contou com a presença do prefeito de Lajeado Marcelo Caumo, dos secretários municipais Vera Plein de Educação e Carlos Reckziegel de Cultura Esporte e Lazer. A Câmara de Vereadores esteve representada por Carlos Ranzi e Marquinhos Scheffer. 
Na abertura da programação aconteceu a apresentação de um Recital Didático Musical pelo músico, cantor e compositor Ricardo Petter. 

Diretoria da Alivat gestão 2019/2020
Presidente (reeleito): Deolí Gräff
Vice-presidente (reeleito): Ney Arruda Filho
1ª Secretária: Beatris Chemin
2ª Secretária: Aline Lenz
1ª Tesoureira: Nara Knaak
2ª Tesoureira: Ivete Kist
1º Diretor de Acervo: Alexander P. Moreira
2ª Diretora de Acervo:  Silvana Faleiro
1ª Diretora de Eventos: Dirce Becker Delwing
2º Diretor de Eventos: Marcos Kreutz
Conselho Fiscal Titulares (ex-presidentes):
Alício de Assunção,  Ana Cecília Togni e Marcos Frank.
Suplentes: Marcio M. Caye e Wolfgang Collischonn

arlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarl

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

PATRONOS

CADEIRA 15

Múcio Scevola Lopes Teixeira

(por Anselmo F. Amaral)

A literatura sul-rio-grandense tomou forma própria, com conteúdo regionalista, e expandiu-se a partir da fundação da Sociedade Partenon Literário, em 1868. Iniciativa de um grupo de jovens liderados por Apolinário Porto Alegre. Ali figuraram nomes como: Júlio de Castilhos, Assis Brasil, Fernando Osório (pai), Homero Batista, Lobo da Costa, Revocata dos Passos Ligueroa de Melo e o próprio Caldre e Fião.

Em meio àquela plêiade de escritores, artistas e homens de ciência apareceu um jovem poeta com, apenas, treze anos...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo