TEXTOSENSAIOS

Academia de Letras: o que é, o que deve ser - José Carlos Laitano
20 de junho de 2018

Por vezes é mais prático começar um debate pela negação: o que não deve ser uma Academia de Letras. Não deve ser palco para egos inchados ou prêmio no ocaso da vida, para reconhecimento como personalidade...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Dois nomes - José Carlos Laitano
20 de junho de 2018

Muitas personalidades integraram as diversas Academias no Rio Grande do Sul, hoje a Academia Rio-Grandense de Letras, mas dois deles destacaram-se como líderes cuja ação associativa permitiu a criação ou renovação...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

PATRONOS

CADEIRA 30

Gregório da Fonseca

Gregório Porto da Fonseca nasceu em Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, em 17 de dezembro de 1875, filho de Marcos Gonçalves da Fonseca Ruivo e Luiza Mariana Porto da Fonseca. Estudou na Escola de Guerra de Porto Alegre. Oficial do exército, Gregório da Fonseca foi reformado como tenente-coronel.

De 1930 a 1934 foi Secretário da Presidência da República. Apesar de ser nomeado Embaixador do Brasil junto à Santa Sé, não chegou a assumir o posto. Poeta, conferencista e crítico, Gregório da Fonseca foi membro do Clube Literário...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo