TEXTOSRESENHAS

Um trabalho necessário - Márcia Ivana de Lima e Silva (sobre "História da Academia Rio-grandense de Letras e Parthenon Litterario", de J. C. Laitano)
29 de novembro de 2016


 
 
Márcia Ivana de Lima e Silva *
 
 
Iniciada por um moço, aceita e completada por moços, a Academia nasce com a alma nova e naturalmente ambiciosa. O vosso desejo é conservar,...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Resenha de "A Saúde dos Ventos", de Waldomiro Manfroi - José Carlos Rolhano Laitano
27 de janeiro de 2016


 
A Saúde dos Ventos, de Waldmiro Manfroi é livro para ler sem pressa. Traça extenso panorama a respeito da Medicina em particular, desde os gregos, sob o olhar da literatura, incluindo  personagens que viveram...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

Unimed RS

CADEIRA 3

PATRONOS

Felix da Cunha

Félix Xavier da Cunha nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no dia 16 de setembro de 1833, filho de Francisco Xavier da Cunha e Maria Quitéria de Castro e Cunha. Era irmão de Francisco Xavier da Cunha. Cursou humanidades no Colégio Dom Pedro II no Rio de Janeiro de 1843 a 1848. Formou-se bacharel em Direito em São Paulo no ano de 1854. Após a formatura, mudou-se para Porto Alegre, exercendo a advocacia a partir de 1955.

Como jornalista, dirigiu em Porto Alegre O Propagandista e O Mercantil. Em 1861 fundou O Guaíba. Além das atividades ligadas à advocacia...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo