O Prêmio Açorianos de Literatura Adulta e Infantil, promovido pela Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria da Cultura (SMC) e Coordenação do Livro e Literatura, chegou à sua 23ª edição e divulgou hoje (28/10/2016) seus finalistas durante a 62ª Feira do Livro de Porto Alegre.
Entre os finalistas, estão os acadêmicos Caio Riter, concorrendo na categoria “Infantil” com o livro “Bichos daqui, de lá e de além” (ilustrações de Anuska Allepuz, Editora Edelbra) e Cláudio Moreno, concorrendo na categoria “Crônicas” com o livro “Noites Gregas” (L&PM Editores).
O julgamento ocorre em várias categorias, literárias e não-literárias, e em duas etapas de avaliação: a dos Júris Específicos (indicam os finalistas e, dentre esses, os vencedores em cada categoria) e a do Júri Final, o qual indica o Livro do Ano entre os vencedores das várias categorias literárias.
Na Noite do Livro, em 28 de novembro, às 20h, no palco do Teatro Renascença (Av. Érico Verissimo, 307), conheceremos os vencedores em cada categoria e o Livro do Ano, cujo autor receberá, além do troféu criado por Xico Stockinger, um prêmio no valor de dez mil reais.

 

Em assembleia extraordinária realizada nesta quinta-feira, dia 11 de agosto de 2016, os membros da Academia Rio-Grandense de Letras elegeram o escritor Caio Riter como novo ocupante da Cadeira 4, na sucessão de Paulo Brossard de Souza Pinto, falecido em abril de 2015. O eleito recebeu a maioria dos 32 votos contabilizados no pleito. Ao término da sessão, Avelino Collet, presidente da Academia, louvou a ampla participação dos acadêmicos na eleição e destacou a inquestionável qualidade intelectual dos demais concorrentes. A assembleia geral foi encerrada com aplausos de boas-vindas ao novo integrante da Academia.
Caio Riter nasceu em 24/12/1962, em Porto Alegre/RS, cidade onde mora. É bacharel em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS, e licenciado em Letras – Língua Portuguesa e Literaturas, pela Faculdade Porto-Alegrense de Educação, Ciências e Letras – FAPA/RS; é mestre e doutor em Literatura Brasileira, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em 1994, publicou seu primeiro livro, “O palito diferente”, e nunca mais parou de escrever, já tendo publicado mais de sessenta obras, principalmente para o público infanto-juvenil, mas também para o adulto. Recebeu vários prêmios, entre eles destacam-se: 1º Prêmio Barco a Vapor, Açorianos, Orígenes Lessa, Livro do Ano (da Associação Gaúcha de Escritores), além de ter obras selecionadas pelo PNBE e para os catálogos White Ravens e Bolonha. Mais informações podem ser obtidas no site pessoal do escritor.
A posse do novo acadêmico ocorrerá dentro dos próximos meses, ainda neste ano de 2016.

 
 
No próximo domingo, dia 18/12/2015, o Castelinho do Alto da Bronze Espaço Cultural promoverá sarau dedicado à obra do escritor Francisco Pereira Rodrigues, titular da Cadeira 39 da Academia Rio-Grandense de Letras e Presidente de Honra do sodalício.
Haverá um coquetel, para a confraternização entre os poetas, e boa música. Desta vez, Ricardo Silvestrin dará a canja musical com seu trabalho solo, acompanhado de Robson Serafini.
Na sala de vídeo, entrevista com o homenageado, realizada por Lenira Pereira.
Também haverá microfone aberto para leitura de poemas autorais.
O Castelinho do Alto da Bronze fica na Rua Vasco Alves 432.