Do Portal do Governo 
 
O secretário de Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos (Smarh), Edu Olivera, acompanhado do secretário da Cultura, Victor Hugo, reuniram-se, nesse terça-feira (31), com o presidente da Academia Rio-grandense de Letras, Sérgio Augusto Pereira de Borja. A pauta do encontro ficou voltada para a necessidade de um espaço maior para a Academia gaúcha.
 
Edu Olivera disse que o Rio Grande do Sul, atualmente, apresenta uma série de dificuldades de ordem financeira. Ele destacou que o Estado tem imóveis em todo o Brasil e que a secretaria ainda está buscando organizar e avaliar a situação de cada um. Assinalou, contudo, "que tentaremos, dentro do possível, compor uma situação que seja favorável à Academia e sem que haja necessidade de utilizar recursos públicos para encontrar uma solução". 
 
Acompanhado por um grupo de acadêmicos gaúchos, Sérgio Borja, fez referência a antigas promessas de governos passados, "que não saíram do papel ou ficaram nas palavras empenhadas, mas que não continham uma assinatura formal". Porém, observou o presidente, "após este encontro, pela primeira vez, estou seguro que existe uma tentativa sincera de solução por parte dos órgãos públicos".
 
Também participaram da reunião o secretário adjunto da Cultura, André Kryszcun, e o diretor do Departamento de Administração do Patrimônio do Estado (vinculado à Smarh), Fernando Azambuja de Assis.
 

CARTA ABERTA À SOCIEDADE GAÚCHA

 

Porto Alegre, 08 de novembro de 2016

De acordo com nota divulgada hoje na coluna da jornalista Rosane de Oliveira, no jornal Zero Hora, a casa onde funciona o Instituto Estadual do Livro (IEL), na Rua André Puente, estaria entre os imóveis que o Governo do Estado pretenderia vender para arrecadar fundos em face da grave crise econômica atravessada pelo Rio Grande do Sul.

O Secretário de Estado da Cultura, Victor Hugo, que na mesma publicação assegura a manutenção do IEL, solicitou ao Secretário de Estado de Modernização Administrativa e Recursos Humanos, Raffaele Marsiaj Quinto Di Cameli, um pronunciamento oficial a respeito da notícia veiculada pela imprensa e obteve como resposta a afirmação de que “o referido imóvel, destinado à atividade cultural, não foi sequer cogitado para fins de venda nesta Secretaria de Estado”.

Perante esses fatos, a Academia Rio-Grandense de Letras vem a público destacar a importância que o IEL possui nos trabalhos de preservação da memória literária e cultural do Rio Grande do Sul, de estímulo a novos escritores e de incentivo à leitura nas escolas. Nossa Academia, a única dentre todos os Estados da Federação que não possui sede própria condigna com suas necessidades básicas para promoção de eventos e abrigo de acervo, muito bem conhece as dificuldades que uma instituição cultural enfrenta por não possuir uma casa; por isso, a Academia Rio-Grandense de Letras manifesta seu incondicional apoio ao IEL, confiando que, de fato, as autoridades competentes não virão a tomar decisões que possam comprometer ainda mais as atividades do IEL, já tão atingidas pela carência de recursos. Com efeito, por meio de diversas parcerias, atividades propostas por nosso sodalício foram albergadas na histórica sede do IEL, de modo que o casarão da Rua André Puente, muitas vezes, foi também sede de nossa Academia. E esse não é caso isolado: a sede do IEL configura-se como um espaço de convivência, intercâmbio e realizações para a grande comunidade cultural de nosso Estado.

Portanto, o casarão da Rua André Puente não é apenas a sede do IEL – é sede de toda a cultura literária do Rio Grande do Sul, e deverá continuar a sê-lo.   

Em nome de todos os acadêmicos,

Avelino Alexandre Collet

Presidente da Academia Rio-Grandense de Letras

Como não poderia deixar de ser, a Academia Rio-Grandense estará presente em dezenas de eventos na 62ª  Feira do Livro de Porto Alegre, seja em promoções diretas da própria instituição, em realizações que apoia ou em participações de seus integrantes, tanto do “Quadro Efetivo” quanto do “Quadro Suplementar”.

Apresentamos, a seguir, uma agenda completa dos eventos que contam com a participação da Academia na Feira que se inicia no dia 28 de outubro de 2016.

 

Dia 29 de outubro

 

18h  Desafio Literário (fase 1)

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Competição de Escrita Criativa do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

Dia 30 de outubro

 

18h  Desafio Literário (fase 2)

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Competição de Escrita Criativa do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

Dia 31 de outubro

 

18h  Desafio Literário (fase 3)

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Competição de Escrita Criativa do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

Dia 01 de novembro

 

16h AUTÓGRAFOS CIPEL 50 anos

Memorial – 1º andar

Autora: Hilda Flores, org.

 

18h  Desafio Literário (fase 4)

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Competição de Escrita Criativa do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

Dia 02 de novembro

 

14h30  Yossef, o judeu errado

Sala Oeste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Debate com Rafael Bán Jacobsen e Márcia Ivana de Lima e Silva, mediação do autor José Carlos Laitano.

 

18h  Desafio Literário (fase 5)

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Competição de Escrita Criativa do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

Dia 03 de novembro

 

13h  Oficina de Leitura e Escrita Criativa

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo

Com Walter Galvani

 

17h30  Desafio Literário: Premiação e Sarau

Auditório do MARGS – Praça da Alfândega

Cerimônia de premiação e sarau da competição do Instituto Estadual do Livro com apoio da Academia Rio-Grandense de Letras. Waldomiro Manfroi integra o júri.

 

17h30  Debate Poesia & Declamação

Salão Mourisco da Biblioteca Pública

Armindo Trevisan e os acadêmicos Élvio Vargas e Alcy Cheuiche debatem o tema com os autores da coletânea.

 

18h30  Miguel de Cervantes, um cavaleiro andante

Armazém Literário da Corag, Rua Caldas Júnior, 261

Bate-papo com Luiz Coronel e Jose Pablo

 

19h  AUTÓGRAFOS  Poesia & Declamação

Memorial – 1º andar

Autor: Alcy Cheuiche, org.

 

19h  AUTÓGRAFOS  Londres

Praça de Autógrafos

Autor: Airton Ortiz

 

Dia 04 de novembro

 

17h 2016: sombras e luzes sobre o ano inquietante

Tenda de Pasárgada – Praça da Alfândega, diante do Memorial do RS 

Um roteiro dos andamentos da história recente do país. Com Luiz Coronel e debatedores, sob a mediação de Tânia Carvalho.

 

17h  AUTÓGRAFOS  A neta de Gardel

Praça de Autógrafos

Autor: Waldomiro Manfroi

 

 

19h  AUTÓGRAFOS  O inverno e depois

Praça de Autógrafos

Autor: Luiz Antonio de Assis Brasil

 

19h  AUTÓGRAFOS  Sombras e luzes: crônicas sobre um ano inquietante

Praça de Autógrafos

Autor: Luiz Coronel

 

Dia 05 de novembro

 

15h  AUTÓGRAFOS  Respostas / Tantos amores / Peneirando palavras

Praça de Autógrafos

Autora: Maria da Glória Jesus de Oliveira

 

18h  AUTÓGRAFOS  Vocabulário português - guarani

Praça de Autógrafos

Autora: Zélia Sampaio, org.

 

20h  AUTÓGRAFOS  Educação e saúde: um aprender a aprender

Memorial – 1º andar

Autor: Waldomiro Carlos Manfroi, org.

 

Dia 07 de novembro

 

16h  Nove livros individuais da Oficina de Criação Literária

Auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Apresentação dos livros dos participantes da oficina literária ministrada por Alcy Cheuiche, realizada com o apoio da Academia Rio-Grandense de Letras.

 

17h  AUTÓGRAFOS individuais dos 9 alunos de oficina de Alcy Cheuiche (aulas foram ministradas na sede da Academia)

Praça de Autógrafos

 

18h30  Por que escrever?

Auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Com Jane Tutikian, patrona Cíntia Moscovich e outros.

 

Dia 08 de novembro

 

16h  AUTÓGRAFOS  Quando o outono chegar

Memorial – 1º andar

Autores: Jane Tutikian, org.

 

16h30  A Oficina Contemporânea

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Alcy Cheuiche e convidados conversam sobre o livro da oficina.

 

17h  AUTÓGRAFOS O fantasma do Passo do Silvestre

Praça de Autógrafos

Autor: Colmar Duarte

 

18h  AUTÓGRAFOS  Contos contemporâneos 2016

Memorial – 1º andar

Autor: Alcy Cheuiche, org.

 

18h  AUTÓGRAFOS  A Revolução Federalista 1893

Praça de Autógrafos

Autor: Moacyr Flores e Hilda Flores

 

Dia 09 de novembro

 

17h  AUTÓGRAFOS  Catembas e catembadas

Praça de Autógrafos

Autor: José Moreira da Silva

 

19h  Reunião Aberta do Conselho Municipal do Livro e da Leitura de Porto Alegre

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Os representantes do Conselho Municipal do Livro e da Leitura de Porto Alegre apresentam as ações realizadas no ano de 2016. Uma das cadeiras do conselho é ocupada pela Academia, sendo Rafael Bán Jacobsen o atual representante do sodalício no Conselho.  

 

20h  AUTÓGRAFOS  Onisciente contemporâneo

Memorial – 1º andar

Autor: Luiz Antonio de Assis Brasil, org.

 

Dia 10 de novembro

 

14h  Palavras: criação literária

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Apresentação da coletânea Palavras que, desde 1986, reúne jornalistas e escritoras do país.

Com Hilda Flores, Moacyr Flores, Avelino Collet e outros autores.

 

15h  Mulheres extraordinárias

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Apresentação dos resultados da oficina de criação literária Alcy Cheuiche/APCEF-RS.

Com Alcy Cheuiche e outros.

 

16h  AUTÓGRAFOS  Palavras 2016

Memorial – 1º andar

Autores: Hilda Flores, Moacyr Flores, Avelino Collet e outros.

 

17h30  400 anos da morte de Cervantes e Shakespeare

Auditório do MARGS  – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Praça da Alfândega

Mesa Redonda sobre Cervantes e Shakespeare e Lançamento do Livro Velis, Nolis, Cervantes!

Com Ruben Castiglioni e outros.

 

18h  AUTÓGRAFOS  Mulheres extraordinárias

Memorial – 1º andar

Autor: Alcy Cheuiche, org.

 

Dia 11 de novembro

 

14h  AUTÓGRAFOS  Autores gaúchos 2016

Memorial – 1º andar

Autor: António Soares, org.

 

14h30  Frei Rovílio Costa: vida e obra do patrono e acadêmico

Sala Oeste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Homenagem ao patrono da 51ª Feira e membro da Academia Rio-Grandense de Letras.

Com coordenação Moacyr Flores, Alcy Cheuiche, José Carlos Laitano e outros.

 

16h30  BB de bombachas

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Apresentação dos resultados da oficina literária ministrada por Alcy Cheuiche.

 

20h  AUTÓGRAFOS  Sindbancários: BB de bombachas - Centenário do Banco do Brasil no Rio Grande do Sul – Memorial – 1º andar

Autor: Alcy Cheuiche, vários autores

 

Dia 12 de novembro

 

15h  II Encontro do Colégio de Presidentes das Academias de Letras do RS

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223 – CCCEV – 4º Andar

A Academia Rio-Grandense de Letras assume sua posição como líder das entidades culturais privadas do Estado. Nesta Feira, a segunda reunião para debater o papel das academias no mundo cultural de hoje e projetos para 2017.

Coordenação de Avelino Alexandre Collet e mediação de José Carlos Laitano.

 

16h  História das academias de Letras e Parthenon Litterario

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223 – CCCEV – 4º Andar

Com Moacyr Flores e Alcy Cheuiche, mediação de José Carlos Laitano.

 

18h  AUTÓGRAFOS  História da Academia Rio-Grandense de Letras e Parthenon Literário

Praça de Autógrafos

Autor: José Carlos Rolhano Laitano

 

19h  AUTÓGRAFOS  Cecília que amava Fernando

Praça de Autógrafos

Autor: Caio Riter

 

Dia 13 de novembro

 

15h  AUTÓGRAFOS  Oficina do Verso

Praça de Autógrafos

Autor: Joaquim Moncks, org.

 

17h  AUTÓGRAFOS  A colecionadora de corujinhas

Praça de Autógrafos

Autor: José Eduardo Degrazia

 

Dia 14 de novembro

 

16h30  A arte da palavra 2016

Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo (CCCEV) – R. dos Andradas, 1223

Resultado da oficina Criação Literária de Paulo Flávio Ledur e Alcy Cheuiche.

Com Alcy Cheuiche, Paulo Flávio Ledur e oficinandos

 

18h  AUTÓGRAFOS  A arte da palavra 2016

Memorial – 1º andar

Autores: Alcy Cheuiche, Paulo Flávio Ledur, org.

 

20h  AUTÓGRAFOS  Revista Caosótica

Memorial – 1º andar

Autor: António Soares, org. – Neste número, a revista presta homenagem à Academia Rio-Grandense de Letras, contando com textos de vários dos seus membros.

 

Dia 15 de novembro

 

14h  AUTÓGRAFOS  O espaço entre o Branco

Memorial – 1º andar

Autor: Caio Riter, org.

 

16h  AUTÓGRAFOS  Cultura, Educação e Literatura XXI Antologia

Memorial – 1º andar

Autora: Marília Cibils Becker, org.

 

16h  AUTÓGRAFOS  Dois fundadores

Memorial – 1º andar

Autor: Luís Alberto Cibils

 

17h  AUTÓGRAFOS  A magia das leis divinas

Praça de Autógrafos

Autor: Lauro Trevisan

 

 

 

 

Neste final de semana (03 e 04 de outubro de 2015), a Associação Gaúcha de Escritores (AGEs) realizou o Encontro Gaúcho de Escritores, dentro da programação de Feira do Livro de Caxias do Sul.

Na manhã de domingo, aconteceu uma importante sessão desse evento: o “Encontro de Entidades Representativas de Escritores: impasses e perspectivas”, com coordenação de Oscar Bessi Filho.

A Academia Rio-Grandense de Letras foi representada pelo secretário geral Rafael Bán Jacobsen. Também esteve presente o acadêmico Joaquim Moncks, representando a Academia Sul-Brasileira de Letras e a Casa do Poeta Brasileiro.

 Também compuseram a mesa os escritores Uili Bergamin (patrono da Feira do Livro de Caxias do Sul e membro da Academia Caxiense de Letras), Abrão Aspis (da Academia Gravatalense de Letras), Julio Perez (Academia Passo-Fundense de Letras) e Carlos Fernando Leser (Academia Montenegrina de Letras e Associação Montenegrina de Escritores). 

 

Da esquerda para a direita: Joaquim Moncks, Rafael Bán Jacobsen, Uili Bergamin, Oscar Bessi Filho, 
Julio Perez, Abrão Aspis e Carlos Fernando Leser.