NOTÍCIAS

Carta aberta à Câmara de Vereadores em favor da Feira do Livro de Porto Alegre

19 de outubro de 2021

Faltando praticamente duas semanas para o começo da 67ª Feira do Livro de Porto Alegre, a Câmara de Vereadores de Porto Alegre anunciou que não vai ser uma das patrocinadoras do evento. Assim, a Câmara Riograndense do Livro (CRL), organizadora do encontro cultural, deixará de contar com quase R$ 50 mil em seu orçamento, o que poderá afetar a cobertura das bancas. A decisão foi tomada em uma reunião de emergência realizada na manhã do dia 14/10. A Mesa Diretora da Câmara não aprovou a iniciativa do presidente da Casa Márcio Bins Ely (PDT) em apoiar financeiramente a Feira do Livro — além dele, somente cinco vereadores demonstraram interesse na proposta. 

Diante de tal decisão e considerando que está em pauta uma reconsideração do pedido de apoio, a diretporia da Academia Rio-Grandense de Letras traz a público a seguinte carta abera:

Digníssimos Senhores Vereadores:

Há 67 anos, sem interrupção, nossa cidade vivencia o maior evento literário a céu aberto da América do Sul, a nossa Feira do Livro. 
Evento amado pelos porto-alegrenses - e por leitores de todo o estado e de outros estados -, a Feira espalha alegria e cultura na Praça da Alfândega e promove a festa dos encontros em plena primavera. E as atividades são todas gratuitas ou subvencionadas por aqueles que acreditam no poder da leitura.
Neste ano de pandemia, sérias dificuldades financeiras têm impedido a realização de atividades tradicionais e a montagem de muitas das estruturas físicas necessárias.
Por isso, solicitamos que essa casa, movida pela solidariedade e pelo apreço que tem à leitura e à literatura, auxilie os gestores da Feira, propiciando a verba necessária à cobertura dos corredores que protegem os visitantes da chuva e do calor.
Temos certeza de que a sociedade olhará com muito respeito os seus representantes e saberá valorizar esta ação tão importante para a 67ª Feira do Livro de Porto Alegre.
 
Muito cordialmente,
Diretoria da Academia Rio-Grandense de Letras

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 24

Zeferino Brasil

Antônio de Souza Zeferino Brasil nasceu em Porto Grande, município de Taquari, Rio Grande do Sul, em 24 de abril de 1870, sendo filho de João Antônio de Sousa e Tausta Carolina de Sousa. Estudou no Colégio Rio-Grandense em Porto Alegre no ano de 1883 e cursou a Escola Normal de Porto Alegre pela qual se diplomou professor em 1889.

Funcionário público estadual desde 1889, tendo servido na Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sal até aposentar-se. Foi ainda professor de Retórica e Poética. Jornalista, pertenceu à redação do...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo