VÍDEOS

Quinta às Cinco: O Ambientalismo em Porto Alegre (28/07/2022)

28 de julho de 2022

Na quarta palestra do ciclo "Quinta às cinco" do ano de 2022, alusivo aos 250 anos de Porto Alegre, José Alberto Wenzel, titular da Cadeira 8 da Academia Rio-Grandense de Letras, abordou  o pioneirismo ambiental da capital gaúcha, assentado na fisionomia (mosaico das paisagens que se encontram, cidade das águas, árvores e parques), no ativismo de personalidades emblemáticas e nos marcos balizadores desse movimento, concluindo com um perfil histórico e com a identificação dos desafios atuais frente ao futuro.

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 15

Múcio Scevola Lopes Teixeira

(por Anselmo F. Amaral)

A literatura sul-rio-grandense tomou forma própria, com conteúdo regionalista, e expandiu-se a partir da fundação da Sociedade Partenon Literário, em 1868. Iniciativa de um grupo de jovens liderados por Apolinário Porto Alegre. Ali figuraram nomes como: Júlio de Castilhos, Assis Brasil, Fernando Osório (pai), Homero Batista, Lobo da Costa, Revocata dos Passos Ligueroa de Melo e o próprio Caldre e Fião.

Em meio àquela plêiade de escritores, artistas e homens de ciência apareceu um jovem poeta com, apenas, treze anos...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo