ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent § Academia Rio-Grandense de Letras § quadro-academico § Roque Callage §

CADEIRA 35

ACADÊMICOSQUADRO ACADÊMICO

Roque Callage

Roque Oliveira Callage nasceu em Santa Maria, Rio Grande do Sul em 15 de março de 1888, filho de Luís Callage e Maria Oliveira Callage. Estudou apenas o primário cm sua cidade natal. Foi de 1902 a 1907 caixeiro da cooperativa da VFGRS de Santa Maria. Foi, ainda, professor particular em Santa Maria no ano de 1907.

No jornalismo, redigiu O Combatente, O Estado e fundou e diri-giu as revistas O Boêmio, em 1911, e O Estudante, em Santa Maria, lim São Gabriel foi funcionário da Intendência Municipal, diretor do Diário da Tarde de 1914 a 1916, de A Tribuna, em 1918, redator de O Bico da Chaleira e O Comércio.

No Rio de Janeiro atuou como funcionário da Biblioteca Nacional e em Porto Alegre foi redator do Correio do Povo até 1925 e do Diário de Noticias de 1925 a 1931. Regionalista, cronista e contista, Roque Callage pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico do Rio (irande do Sul (IHGRS). Faleceu em Porto Alegre no dia 23 de maio de 1931.

Dados pesquisados em:
MARTINS, Ari. Dicionário Escritores do Rio Grande do Sul. orto Alegre: UFRGS, 1978.

continue lendoVOLTARcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 8

José Teodoro de Souza Lobo

José Teodoro de Souza Lobo nasceu em Porto Alegre, capital gaúcha, em 07 de janeiro de 1848. Estudou no Colégio do Caraça, Minas Gerais, de 1855 a 1861. De volta à Porto Alegre, passou pelo Seminário Episcopal, formando-se Engenheiro Geógrafo no Rio de Janeiro, pela Escola Central.

Foi redator do jornal carioca Estréia Literária em 1864 e, em 1873, assumiu o cargo de professor da Escola Normal de Porto Alegre, tendo sido vice-diretor da mesma. Foi, ainda, inspetor escolar do Estado do Rio Grande do Sul e autor didático e pertenceu ao Partenon...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo