Natural de Porto Alegre, Jaime Piterman formou-se em Direito na UFRGS, em 1971, e em Filosofia pela mesma universidade, no ano de 1968. Nomeado Juiz de Direito em 1975, atuou nas Comarcas de Jaguari, Nova Petrópolis, Pelotas, Taquari, Passo Fundo, São Leopoldo e Porto Alegre. Foi promovido a Juiz do Tribunal de Alçada em junho de 1995, onde foi Presidente da 4ª Câmara Criminal, e, em maio de 1998, a Desembargador do Tribunal de Justiça. Atuou na 6ª Câmara Criminal até ser eleito 2º Vice-Presidente.

Foi Juiz do extinto Tribunal de Alçada do Rio Grande do Sul até o ano de 1995, e professor de filosofia do Colégio Estadual Júlio de Castilhos de Porto Alegre de 1969 a 1974.

É autor do livro de ensaios “O Espírito do Homem” (ensaios de arte e filosofia), lançado em 1970. Participou de diversas publicações, como “Os direitos – o homem como fim”, trabalho realizado para a anistia internacional; “A pena de morte”, jornal Diário do Sul, em dezembro de 1987; “Bases Sociais do Direito Comparado”, na Revista de Direito Civil, ano 7, vol. 25, em 1983;  “Pela derrogação dos artigos 519 e 527 do código de processo civil”,  tese apresentada no Congresso Nacional de Direito Civil, em julho de 1983; “Hans Kelsen e a Crítica do Conceito de Soberania”,  para o  Centro de Teledifusão Educativa da UFRGS, em 1976; “A obra de Montesquieu”, Centro de Teledifusão Educativa da UFRGS de 1975; “A Súmula do Supremo Tribunal”, “Genocídio Perante o Direito”, “Valores Imobiliários”, “Grotius e o Direito Internacional”, para o jornal Correio do Povo.

Colaborou na Enciclopédia Saraiva do Direito com os verbetes “Logoterapia para Presos” e “Metapositividade do Direito”. Publicou artigos de doutrina na Revista de Direito Civil e Revista dos Tribunais sobre os temas Bases Sociais do Direito Comparado e o Princípio da Independência do Juízo.

Membro da Academia Rio-Grandense de Letras desde 1976, na cadeira que foi ocupada pelo Juiz Osvaldo Muller Barlem. Foi admitido no Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul com a apresentação do estudo “A Hierarquia das Leis no Direito Brasileiro”.

Participou de cursos e seminários na Fundação Getúlio Vargas (Rio de Janeiro) e Universidade de Cambridge (Inglaterra). É membro da The Academy of Political Science (Nova York), American Society of International Law e American Political Science Association (Washington) e da Association Internationale de Droit Pénal (Paris).