TEXTOSARTIGOS

O RS mais uma vez enfrenta a temporada das pesquisas em busca de um norte eleitoral – Raul Moreau
22 de fevereiro de 2015

Texto originalmente publicado no Portal Mix em outubro de 2014   A cada dois anos e a esta altura do calendário, o Brasil vive a recorrente temporada das pesquisas eleitorais, necessárias para abastecer discursos e programas partidários....

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Os discursos de posse de Dilma Rousseff no primeiro dia de 2015 - Raul Moreau
22 de fevereiro de 2015

Texto originalmente publicado no Portal Mix em janeiro de 2015   Foi assim que analisei o somatório da fala segura e correta da Presidenta: uma espécie de sorriso quase evidente de satisfação e a certeza e garantia com...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Existem diferenças a serem obedecidas entre árbitros de futebol e equipes da Primeira Divisão? – Raul Moreau
22 de fevereiro de 2015

Texto originalmente publicado no Portal Mix em novembro de 2014   Nos primeiros dias do próximo ano, serão completadas as três décadas que marcam o dia em que o Brasil foi impedido de sediar a Copa do Mundo de 1986, pelo...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

A "Revoada de Turistas" cresce no mundo, batendo recordes - Raul Moreau
22 de fevereiro de 2015

Texto originalmente publicado no Portal Mix em novembro de 2014   Quando se usa o sagrado espaço da página de um jornal importante, com milhares de pessoas habituadas à sua leitura frequente, não se pode esquecer –...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 9

Ramiz Galvão

Ramiz Galvão: professor, filósofo e cirurgião 

(por Frei Rovílio Costa)

Benjamin Franklin Ramiz Galvão, Barão de Ramiz, médico, professor, fílólogo, biógrafo e orador, nasceu em Rio Pardo, RS, em 16-6-1846, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 9-3-1938. Foi eleito a 12-4-1928 para a Cadeira n. 32, da Academia Brasileira de Letras, sucedendo a Carlos de Laet. Foi recebido a 23-6-1928, pelo acadêmico Fernando Magalhães. É patrono da Cadeira n. 9 da Academia Riograndense de Letras.

Filho de João Galvão e de Maria...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo