TEXTOSENSAIOS

Alexandre Herculano: Criação da Inquisição em Portugal – Moacyr Flores
11 de março de 2015

Quando Alexandre Herculano de Carvalho e Araújo (1810-1877) era diretor das Reais Bibliotecas das Necessidades e da Ajuda, encontrou documentos referentes aos processos da Inquisição ou do Santo Ofício que, no dizer do autor,...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Os Sertões - Moacyr Flores
30 de novembro de 2014

Os Sertões, de Euclides da Cunha, é uma grande obra de história, dentro da mentalidade positivista do início do século XX, com descrições das práticas do governo, relato de visão de mundo...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Síntese Histórica das Academias de Letras do RS - Moacyr Flores
30 de novembro de 2014

Ao longo do tempo, no Rio Grande do Sul, surgiram instituições que congregavam intelectuais, como a Sociedade do Partenon Literário (1868-1885) e, no mesmo período a Sociedade Ensaios Literários. No entanto, a primeira...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Caixeiro da Taverna: história social através do teatro - Moacyr Flores
30 de novembro de 2014

 Resumo: Este artigo é uma reflexão sobre o uso da dramaturgia como fonte de estudo para a reconstrução da história social no Rio de Janeiro, na década de 1840.        O...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 1

Manuel de Araújo Porto Alegre

Manuel de Araújo Porto Alegre nasceu em Barão de Santo Ângelo, Rio Pardo, Rio Grande do Sul, em 29 de novembro de 1806, filho de Francisco José de Araújo e Francisca Antônia Viana de Araújo. Completou a Escola Primária em Porto Alegre e estudou Belas Artes no Rio de Janeiro. Nesta área destacou-se, ganhando prêmios e ministrando cursos.

Foi co-diretor da revista brasileira Niterói (Paris, 1826), co-fun-dador do Conservatório Dramático Brasileiro (Rio de Janeiro, 1843), co-diretor da Lanterna Mágica (Rio de Janeiro, 1845), diretor da Academia...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo