ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent § Academia Rio-Grandense de Letras § Notícias § Conheça os vencedores do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2020 §

NOTÍCIAS

Conheça os vencedores do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras 2020

14 de dezembro de 2020

Os vencedores da quarta edição do concurso literário da Academia Rio-Grandense de Letras foram revelados hoje, em cerimônia virtual transmitida ao vivo peloa canal do projeto Biblioteca Academia Rio-Grandense de Letras no Facebook. Receberam os troféus de autoria do artista visual Lucas Strey:

TROFÉU APOLINÁRIO PORTO ALEGRE (Crônica)
NAVEGADOR DE BARCO DE PAPEL - JORGE FINATTO - EDIÇÃO DO AUTOR
TROFÉU ALCEU WAMOSY (Poesia)
APENAS POR NÓS CHORAMOS – ANNA MARIANO – PENALUX
TROFÉU CARLOS URBIM (Livro infantil)
TARRAVETA – DANIEL CASSOL E CARLA PILLA – EDIÇÃO DO AUTOR
TROFÉU DYONÉLIO MACHADO (Tese ou dissertação)
AS IRONIAS DE DYONÉLIO MACHADO EM “O LOUCO DO CATI” – JONAS KUNZLER MOREIRA DORNELLES – UFRGS
TROFÉU SIMÕES LOPES NETO (Narrativa curta)  
PROSA PEQUENA – AMÍLCAR BETTEGA – ZOUK
TROFÉU ALCIDES MAYA (Romance)
DOZE LIÇÕES – DANIELA KERN – CLASS

O escritor e cineasta Tabajara Ruas recebeu o Troféu Academia Rio-Grandense de Letras - Escritor do Ano. "De certa maneira, hoje, me sinto escritor, pela obra, pela batalha contra a barbárie", disse durante a homenagem. "Nós temos uma saída, como país mais humano. Como esse trabalho que a Academia faz, de zelar pela beleza pelo meu colega escritor. Em um período de trevas, acredito que é um momento de dar essa sacudida e a Academia pode fazer isso. Me sinto num ponto mais alto porque ganhei um premio da Academia. Não é pouca coisa". Nas edições passadas ,foram homenageados Luis Fernando Verissimo, Armindo Trevisan e Maria Carpi.
O presidente da ARL, Rafael Bán Jacobsen, ressaltou as novas iniciativas da entidade, como o lançamento da Biblioteca Academia Rio-Grandense de Letras e a ampliação da sua sede, com a inclusão do Memorial dos Imortais e do arquivo, ainda não aberto ao público, em razão da pandemia. Agradeceu ao escritor Tabajara Ruas, ressaltando que a obra do homenageado foi muito importante para sua formação como pessoa e escritor.

anteriorANTERIORanteriorpróximaPRÓXIMApróxima todasTODAStodas

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 21

Alfredo Ferreira Rodrigues

(por Avelino Alexandre Collet)

O acadêmico Alfredo Ferreira Rodrigues, nasceu no dia 12 de setembro de 1865, no distrito de Povo Novo, município de Rio Grande, faleceu em Pelotas no dia 8 de março de 1942, com 77 anos.

Exerceu ao longo da vida várias atividades, como professor, comerciante, industrialista e viajante comercial.

Em plena juventude revelou seu apurado gosto pela literatura. Foi revisor da Livraria Americana, em Pelotas, em 1887. E pela sua proficiência foi guindado à gerência desse estabelecimento gráfico na cidade de Rio Grande, período de tempo...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo