NOTÍCIAS

Tabajara Ruas eleito para a Academia de Letras

08 de fevereiro de 2024

O reconhecido escritor e cineasta, uruguaianense de nascimento, Tabajara Ruas, foi eleito com ampla maioria na disputa com outros importantes concorrentes a uma vaga na Academia Rio-Grandense de Letras, Cadeira 17, tendo como patrono o escritor Timóteo Faria Corrêa, cadeira esta anteriormente ocupada por Heino Willy Kude.

Além da reconhecida qualidade literária, o número de livros publicados serviram para que sua escolha acontecesse de maneira significativa pelos acadêmicos que votaram na eleição do dia 12 de janeiro passado.

À sua obra literária igualmente somam-se importantes filmes criados a partir de diversos livros seus – uma vez que Tabajara Ruas é igualmente reconhecido cineasta brasileiro. Destacam-se, entre outros, A cabeça de Gumercindo Saraiva, Netto perde sua alma, Senhores da Guerra, Perseguição e cerco a Juvêncio Gutierrez.

Com uma obra enriquecida por inúmeros títulos e diversos filmes, Tabajara foi o Patrono da recente 69ª Feira do Livro de Porto Alegre.

 Em breve anunciarmos a data da posse de Tabajara Ruas.

arlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarlarl
anteriorANTERIORanteriorpróximaPRÓXIMApróxima todasTODAStodas

Academia Rio-grandense de Letras

PATRONOS

CADEIRA 19

João Cezimbra Jacques

(por José Francelino de Araújo)

O pioneiro João Cezimbra Jacques teve sua vida assinalada por dois pontos fundamentais: o infortúnio e o pioneiris-mo. Seu pai, ainda moço, morreu na guerra do Paraguai, onde também servia João Cezimbra Jacques, com apenas 18 anos de idade, engajado no 2o Regimento da Cavalaria. Sua mãe, esposa e filhos faleceram jovens.

Nasceu na rua do Acampamento, em Santa Maria, no dia 13 de novembro de 1849 e morreu no Rio de Janeiro, aos 73 anos de idade. Seu pioneirismo se revela por inúmeras iniciativas: como escritor abordou assuntos até...

continue lendoCONTINUE LENDOcontinue lendo